CURITIBA, 11 DE DEZEMBRO DE 2017

Joinville confirma favoritismo e é campeão da Taça Brasil de Clubes

      A equipe catarinense venceu o Atlântico, de Erechim (RS), na final da competição, no Giná...

Time feminino do Maringá Seleto perde do Guairaçá

      A equipe feminina da Prefeitura de Maringá/Unifamma/Seleto/Santa Casa Saúde recebeu o Gua...

Maringá Seleto enfrenta o Bituruna, sábado, no Clube Olímpico

      O time da Prefeitura de Maringá/Unifamma/Seleto/Santa Casa Saúde estreia no sábado, às 20...

ATLETA DE CIANORTE NA SELEÇÃO BRASILEIRA

Jane é a mais  nova convocada para a Seleção Brasileira de Futsal. A mesma disputará ...

Cascavel Futsal perde fora de casa e agora é tudo ou nada na Neva

No primeiro jogo da semifinal da Chave Ouro, o Muffatão/Dom Fiorelo/Sicredi/Cvel foi a Francis...

Decisivo, ala/pivô Gabriel comemora bom momento e vitória no jogo de ida da final contra Matelândia

      Artilheiro do São José dos Pinhais Futsal na Série Prata do Paranaense de Futsal com 21 g...

Ingressos a venda para o jogo do ano e Cascavel futsal conta com a força da torcida

O Muffatão/Dom Fiorelo/Sicredi/Cvel tem neste sábado o jogo mais importante do ano, a Serpen...

Em jogo eletrizante, Copagril Futsal empata em casa e se despede do Paranaense Série Ouro

      Eletrizante, emocionante, dramático... Vários são os termos que descrevem o jogo realizad...

Segundo jogo da final da Série Prata entre São José dos Pinhais Futsal e Matelândia será sábado

      Está definida a data do jogo de volta da final da Série Prata do Campeonato Paranaense de...

Cascavel se prepara para semifinal da Série Ouro

É tudo ou nada, assim esta a ser encarado o jogo deste sábado válido pela semifinal da Cha...

  • Joinville confirma favoritismo e é campeão da Taça Brasil de Clubes

  • Time feminino do Maringá Seleto perde do Guairaçá

  • Maringá Seleto enfrenta o Bituruna, sábado, no Clube Olímpico

  • ATLETA DE CIANORTE NA SELEÇÃO BRASILEIRA

  • Cascavel Futsal perde fora de casa e agora é tudo ou nada na Neva

  • Decisivo, ala/pivô Gabriel comemora bom momento e vitória no jogo de ida da final contra Matelândia

  • Ingressos a venda para o jogo do ano e Cascavel futsal conta com a força da torcida

  • Em jogo eletrizante, Copagril Futsal empata em casa e se despede do Paranaense Série Ouro

  • Segundo jogo da final da Série Prata entre São José dos Pinhais Futsal e Matelândia será sábado

  • Cascavel se prepara para semifinal da Série Ouro

| Imprimir |
Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 
Sex, 11 de Agosto de 2017 13:48
Acompanhe o discurso feito por Volnei Lopes da Silva sobre o segundo encontro da Família Salonista:
Ter participado deste segundo encontro ontem à noite, para mim que perdi o primeiro por estar morando no interior do estado, foi motivo de muitas emoções e surpresas inesquecíveis, além do aprendizado com o comportamento dos participantes do evento e do nosso, a comissão organizadora.

As emoções ficaram por conta do reencontro de velhos e bons amigos conquistados ao longo de 42 anos de convivência com o mundo do futebol de salão, com a certeza de que as melhores e mais fiéis amizades que possuo são deste meio, independente se adversários ou companheiros ao longo das competições do passado, porque ontem descobri que o respeito entre nós salonistas é pela dedicação, seriedade e propósito que cada um demonstra nas disputas e não pela cor da camisa que se está vestindo. A humildade com que cada um participou ontem, se colocando todos no mesmo patamar, sem pseudo estrelismo, mostrando que no esporte você é apenas uma das estrelas que brilham na galáxia e seu brilho é proporcional ao seu valor real como homem e atleta e não aquele que você imagina e se projeta diante do seu espelho, pois vimos um homem da envergadura cultural e política como Amadeu Luiz De Mio Geara, que foi presidente da Federação, Vereador de Curitiba, Deputado Federal, salonista desde a sua criação no Paraná, Luiz Carlos Casagrande, que fez parte desde o primeiro campeonato da Federação, em 1956, como mirim é claro, autoridades policiais da mais alta patente, jornalistas famosos e tantos outros se confraternizando com o mesmo sorriso no rosto de agradecimento por terem sido convidados e poderem rever os valorosos atletas de tantas gerações e grandes equipes nacionais, além de integrantes de seleções paranaenses e brasileiras que o fato de termos sido um dos organizadores, como voluntário, assim como os demais, nos enche de orgulho e gratidão aos que acolheram o nosso chamado.

Surpresas por descobrirmos o quanto somos queridos e ainda lembrados com respeito por atletas que dirigimos há mais de quarenta anos e reconhecem que algo acrescentamos de positivo na sua formação. Descobrirmos que grupos que ajudamos a formar como líderes em uma equipe de determinada categoria mantém amizade inabalável mesmo após quatro décadas, nos provando que o esporte é a maior forma de se educar socialmente o ser humano, principalmente por ensiná-lo a perder e saber reconhecer os seus erros pela derrota, os educa ensinando a valorizar as vitórias com respeito aos adversários que nunca devem ser inimigos. A descoberta do quanto a dedicação e persistência é fundamental para o sucesso de algo na vida, mesmo nesta idade, 6.3, ainda foi um aprendizado, principalmente quando se tem um grupo de trabalho com pessoas exemplares e bem suscedidas na vida ao teu lado lutando ombro a ombro, obrigado companheiros, Carlos Alberto de Campos “Papagaio”, André Jopert Lopes, Gilson Camargo, Giovani Stinghen “Gil”, Carlos Alberto Ghesti e Luiz Carlos Casagrande “Casinha”. 

A surpresa ficou por conta do comportamento de cada desde a portaria ao receber um crachá identificando-os para os demais, quando uns receberam com humildade e agradecimentos, exatamente o grupo mais ilustre em termos de feitos do passado, mas com um sorriso sincero no rosto e a acolhida simpática dos companheiros de recepção, Papagaio e Júnior todos aceitaram. Surpresas com a reação de agradecimento e alguns até com brilho nos olhos quando recebiam as homenagens sugeridas por nós e outorgadas pela Federação, e mais uma vez agradecemos a participação agradável do presidente Jesuel e do superintendente Luis Henrique, houve pessoas que se doaram a vida toda sempre disponíveis ao futsal e que nunca haviam sido homenageadas e cremos, que corrigimos em parte esta injustiça mesmo tendo a muitos “post mortem” entregado a homenagem a um familiar. Neste quesito houve falha? Claro que houve, deixamos de lembrar vários outros que também se doaram e não receberam a comenda, mas a estes peço pessoalmente em nome da comissão que nos perdoem e prometemos reparar esta falha na próxima edição, contando novamente com a presença dos verdadeiros salonistas solidários às nossas ideias, porque estamos convictos de ter homenageado só salonistas autênticos, em menor ou maior grado. Quando se trabalha em grupo, principalmente se este for voluntário e que se exija muito das pessoas, se descobre o grau de doação de cada um em prol do bem maior que é o sucesso de todos, abrindo mão de egoísmos e vontades próprias, por isso o nosso grupo foi vencedor.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10212349694031769&set=gm.345320575880513&type=3&theater
Última atualização ( Sex, 11 de Agosto de 2017 14:52 )
 

Este conteúdo foi bloqueado/expirado. Você não pode mais postar nenhum comentário.

FEDERAÇÃO PARANAENSE DE FUTEBOL DE SALÃO

Rua Marechal Deodoro, 869 - 15º Andar - Cj.1505/1506 CEP 80.060-010 - Curitiba - Parana - Brasil
Fone-Fax 41-3233-4571 - Fax 41-3233-6257
Desenvolvimento: ADM-Sistemas para Web